A Importância da Leitura

A importância da leitura - Biblioteca

De tempos em tempos as pessoas se perguntam qual a importância da leitura. A verdade é que hoje essa pergunta é bem mais fácil de ser respondida. Com os meios de comunicação cada vez mais eletronizados, ler se tornou praticamente um pré-requisito para se manter bem informado. Além disso, os cargos nas empresas e no próprio Estado não admitem mais pessoas mal alfabetizadas, pelo contrário, exigem cada vez mais conhecimento teórico dos funcionários e servidores.

Como veremos adiante, a leitura deixou de ser irrelevante há muito tempo. Na verdade, nunca foi. É por meio dela que conhecemos o mundo. Por isso, antes de lermos as palavras, devemos aprender a ler o mundo como diria o grande pedagogo Paulo Freire. O ato de ler não pressupõe somente a capacidade de decifrar os códigos que são as letras ou seu coletivo – as palavras. O ato de ler significa muito mais que isso e é exatamente essa questão que discutiremos aqui.

Porque ler é importante?

Iremos ver agora quais os maiores benefícios que as pessoas podem ter ao criarem o hábito de ler e de entender textos e os maiores obstáculos que a falta dessa prática proporciona.

A leitura é fundamental para a estrutura da sociedade hoje. É assustador que alguns adultos não consigam ler nem mesmo a bula de um remédio – assustador principalmente para seus filhos. Preencher formulários sem saber ler é ainda mais difícil. Entender placas e se orientar no trânsito nem pensar (embora hoje a leitura seja indispensável para conseguir a CNH). Até mesmo acompanhar um mapa é uma tarefa insuportável. Praticamente tudo na vida se torna uma frustração.

Encontrar um trabalho nas grandes metrópoles, onde a concorrência é altíssima, exige um certo grau de conhecimento que só pode ser obtido por meio da leitura e interpretação de textos. Entretanto, todos esses exemplos não representam nem a ponta do iceberg. 

É impensável as coisas que descobrimos com a leitura. Ela possibilita que vivenciemos experiências inéditas. Coloca-nos no papel de pessoas diferentes, com as mais variadas características. Além disso, exercita a mente, perenizando a memória e influindo diretamente na criatividade. Pessoas com dificuldades em escrever uma boa redação podem chocar-se ao criarem o hábito de ler. Tudo isso demonstra a grande importância da leitura no dia a dia das pessoas.

A importância da leitura crítica

A importância da leitura critica - Leia, pense
geralt / Pixabay

Uma coisa quase tão importante quanto saber ler é saber formar opinião, saber analisar criticamente o que está sendo lido. Um erro das escolas no mundo todo atualmente é forçar seus alunos a engolir o conhecimento durante as aulas para vomitarem esse mesmo conhecimento nas provas sem nem mesmo entendê-lo. Isso é errado porque não fomenta a opinião crítica. Quando lemos e entendemos um texto, reinventamos nosso modo de pensar o mundo. É nisso que consiste a importância da leitura crítica.

Como já foi dito, antes mesmo de aprender a ler palavras, o sujeito precisa aprender a ler o mundo. As aulas que recebemos durante toda nossa infância não permitem que apliquemos esse conhecimento na prática. Muitas vezes não nos damos conta nem do que estudamos no dia anterior a uma prova. Inexplicavelmente, todo o saber que apanhamos durante os estudos foge de nossas mentes. Isso acontece porque não o aplicamos na prática. Nosso objetivo é de curto prazo e não damos o devido valor a ele.

Por isso que, ao ler qualquer coisa, a pessoa deve se empenhar ao máximo para que seu tempo não seja gasto em vão. Procure sempre discutir, criticar e questionar a si mesmo a veracidade e a importância do texto e o quão útil seria aplicar isso em seu cotidiano. Somente assim a teoria se transforma em prática e o conhecimento ganha real valor. 

Além da leitura…

Todos os argumentos acima demonstram a importância da leitura. No entanto, e deixe-se bem claro que a finalidade agora não é refutar esses argumentos, mas complementá-los, algumas pessoas não se dão muito bem com ideia de ler. Precisam ler, porém, por algum motivo pessoal, não gostam ou não querem. Provavelmente você – leitor assíduo que chegou até aqui – não apresenta esse tipo de pensamento. Contudo, saiba que Isso é completamente normal. Os incomodados com a leitura devem procurar outras formas de se desenvolver.

Assim, embora seja incontestável a importância da leitura no mundo de hoje, devemos reconhecer que a inteligência de alguém não pode ser mensurada somente com esse fator. Uma teoria muita famosa, criada por Howard Gardner, denominada “Inteligências Múltiplas” ajuda a compreender porque uma criança com dons excepcionais em matemática não é necessariamente mais inteligente que outra que desenvolva um outro tipo de habilidade.

Uma pessoa que não é boa em leitura pode ser assim porque ainda não encontrou um método eficaz de aprendizado para suas necessidades, pode ser boa em outra área ou pode não ter praticado por tempo suficiente. Como qualquer outra atividade, a leitura demanda treino. Isso tudo revela que cada pessoa tem aptidões próprias e que essa diversidade é a responsável por tornar a humanidade tão interessante.

Conclusão

A grande maioria das pessoas, por mais que saiba ler, não sabe como extrair as informações corretas de um texto e aplicá-las de forma significativa na vida real. A verdadeira importância da leitura está relacionada com a própria pessoa e o contexto no qual ela vive. Para entender o mundo a nossa volta, devemos ter consciência crítica. E para termos consciência crítica, por mais paradoxal que possa parecer, devemos aprender a ler e a pensar no que nos é dito.