Inteligências Múltiplas – A Teoria de Howard Gardner

Inteligências múltiplas

A ciência sempre procurou novos métodos para avaliar a capacidade dos seres humanos. O modo como nosso cérebro funciona e o quão longe nossa mente pode alcançar são bases de pesquisas e teorias. Procurando contrapor a ideia de inteligência única, Howard Gardner propôs a  teoria das inteligências múltiplas. Este cientista norte-americano é um psicólogo cognitivo e educacional da Universidade de Harvard.

Em 1900,  o psicólogo Alfred Binet desenvolveu um teste para diferenciar crianças normais de crianças com deficiência mental. A propagação deste método fez crescer a ideia de que era possível medir de modo quantitativo a inteligência. Entretanto, com o passar do tempo pesquisas demonstraram que há uma ampla variedade de habilidades cognitivas específicas.

Baseando-se nestas pesquisas, Gardner sugeriu que todos os indivíduos são capazes de apresentar cerca de oito tipos de habilidades intelectuais. Para ele, essas inteligências atuam de maneiras diferentes e são complementares, contribuindo tanto na área profissional, como na pessoal.

O que são as inteligências múltiplas?

A teoria das inteligências múltiplas foi publicada em 1983 no livro chamado “Estruturas da Mente”. Nessa época, Howard Gardner descreveu sete diferentes dimensões da habilidade cognitiva. Deste modo, a capacidade humana foi subdividida nas inteligências espacial, musical, verbal, lógica, interpessoal, intrapessoal e corporal.

Posteriormente, o cientista propôs a existência da inteligência naturalista. Ele também sugeriu o agrupamento das inteligências interpessoal e intrapessoal. Para Gardner, as diferentes inteligências precisam ser estimuladas para que possam ser desenvolvidas. Além disso, de acordo com ele um quesito determinante em sua evolução é a genética, ou seja, as habilidades são passadas dos pais para os filhos. A seguir você vai conhecer cada uma das inteligências múltiplas propostas por Howard Gardner.

Inteligência espacialinteligência espacial

Esta inteligência faz referências às pessoas com habilidades visuais relacionadas ao espaço, cores e medidas. A inteligência espacial é aquela que se desenvolve por meio da criatividade e percepção. Pessoas com essa capacidade são boas em reconhecer um espaço e se localizar ou elaborar imagens em desenho ou escultura.

Geralmente, a inteligência espacial permite que o indivíduo elabore espaços mentalmente e identifique sua complexidade e seus detalhes. Pessoas com esse tipo de capacidade tende a desenvolver hobbies como artesanato, fotografia, e pinturas ou esculturas. Além disso, encontra-se profissionais com esta inteligência em áreas como artes plásticas, aeromodelismo, design e arquitetura.

Inteligência musical

Esta é a inteligência que dá a uma pessoa a sensibilidade e a capacidade de diferenciar sons. Quem tem inteligência musical consegue facilmente produzir e reproduzir diferentes melodias. É possível reconhecer pessoas com inteligência musical facilmente. Ela se manifesta ao cantar, compor e tocar instrumentos.

Essas pessoas tem interesse em cantar, ouvir música, tocar instrumentos e são boas em se expressar com rimas A inteligência musical pode ser desenvolvida por qualquer pessoa. Contudo, aqueles que nascem com tendencia a esta habilidade a desenvolvem mais rapidamente e com maior facilidade.

inteligência verbalInteligência verbal

As pessoas que possuem inteligência verbal tem grande facilidade em lidar com palavras. Essa inteligência favorece a capacidade de se comunicar de forma escrita e oral. A habilidade verbal também abrange a linguagem corporal e gestual. Os indivíduos com esta capacidade conseguem desenvolver facilmente atitudes como ensinar, escrever, motivar e convencer. 

Esse tipo de inteligência influencia também no domínio de outras línguas. Sendo assim, quem tem esta habilidade aprende facilmente novos idiomas. Aqueles que dominam a inteligência verbal são bons jornalistas, políticos, escritores e educadores.

Inteligência lógica

A inteligência lógica é expressa na habilidade em desenvolver cálculos e resolver problemas lógicos. Quem tem esse tipo de inteligência é ótimo em fazer deduções e fazer operações com números. Além disso, pessoas com estas habilidades possuem pensamento rápido.

Essa inteligência é assumida como bruta e é muitas vezes a única considerada em momentos de avaliação da sabedoria. Não é atoa que os bons em matemática, muitas vezes, são considerados mais inteligentes que as demais pessoas. É possível desenvolver a inteligência lógica com atividades como xadrez, quebra-cabeças e muitas outras.

Inteligências Interpessoal e Intrapessoal

A inteligência interpessoal está presente nas pessoas que são boas em criar laços de amizade e trabalhar em grupo. Estas pessoas tem grande capacidade de se relacionar bem em sociedade. Dessa forma, esta inteligência proporciona um maior entendimento sobre as intenções e desejos de outras pessoas. Pessoas com estas habilidades gostam de conversar, trabalhar voluntariamente e de esportes em grupo.

Ao contrário da interpessoal, a inteligência intrapessoal garante que as pessoas que a possuem sejam capazes de conhecer a si mesmas. Sendo assim, estas pessoas não apresentam dificuldade em reconhecer suas próprias dificuldades, opiniões e intenções. São pessoas que vivem com alto grau de autonomia e buscam planejar e organizar seus próprios objetivos.

inteligência naturalistaInteligência Naturalista

Esta é uma das inteligências múltiplas e está presente naqueles com grande interesse na natureza. Estas pessoas possuem habilidade para diferenciar animais e plantas. Além disso, possuem facilidade ao lidar com elementos naturais com o clima e o relevo. Esta é uma das inteligência indispensáveis para a sobrevivência do ser humano. As pessoas que possuem esta inteligência tendem a trabalhar nas áreas de biologia, geografia, medicina veterinária, meteorologia e etc.

Inteligência Corporal

Esse tipo de inteligência está intimamente ligado às habilidades motoras. Ela consiste na capacidade de usar o próprio corpo em atividades diferenciadas. Pessoas que desenvolvem esta inteligência não têm dificuldade em usar o corpo como ferramenta de trabalho. É comum encontrar profissionais com a inteligência corporal nos esportes, na dança e no teatro. Esta capacidade é utilizada quando se tem a intenção de expressar sentimentos por meio de ações corporais. Pessoas que buscam solucionar problemas com o uso do corpo desenvolvem rapidamente a inteligência corporal.